. . .

Portuguese Portuguese

Amigo Anônimo

aanonimoui

Alcoólicos Anônimos

Estimados,

A JUNAAB tem sido consultada sobre como os grupos devem responder à COVID-19 (coronavírus). Grupos e membros estão preocupados sobre questões de saúde e segurança e buscam orientação sobre como lidar com o problema.

No dia 15 de maio de 2019, a equipe de serviços do CTO do Distrito 01, Rio de Janeiro – RJ, realizou uma Reunião de Informação ao Público no projeto social desenvolvido pela Federação das Indústrias do Rio de Janeiro – FIRJAN.

Até aqui procuramos apresentar-lhe elementos básicos para uma compreensão realista sobre o funcionamento de A.A.: nossa experiência com a doença alcoolismo e os Doze Passos sugeridos para a reabilitação pessoal. 

Em ato realizado em Brasília no dia 07 de novembro, o Ministério da Cidadania reconheceu, formalmente, “os excelentes serviços prestados ao país na área de dependência química pelo Grupo de Apoio e Ajuda Mútua Alcoólicos Anônimos – A.A.” Foram reconhecidos também Narcóticos Anônimos e os grupos de familiares Al-Anon e Naranon.

A Estação Ferroviária Central do Brasil foi o palco, em janeiro, da estreia da exposição itinerante “70 Anos de Alcoólicos Anônimos no Brasil”, serviço sob a responsabilidade do CTO da Área 01. Realizada em cooperação

Levantamento inédito sobre o perfil dos AAs brasileiros oferece informações atualizadas para profissionais do campo do alcoolismo, para o público em geral e para uso da própria entidade. 

Retomamos contato consigo para abordar, desta vez, o aspecto de quem pode tornar-se membro de A.A.. Conforme nossa Terceira Tradição, “Para ser membro de A.A., o único requisito é o desejo de parar de beber”. O enunciado integral afirma que não podemos “recusar quem quer que deseje recuperar-se. A condição para tornar-se membro não deve nunca depender de dinheiro ou formalidade”.

 

Tendo membros de Alcoólicos Anônimos observado nas linhas intermunicipais de ônibus urbanos que operam as linhas de transporte coletivo no município de Guarulhos, cartazes de divulgação de grupos de mútua ajuda de outras Irmandade de grupos Anônimos; o Comitê Trabalhando com Outros do Grupo Gopoúva de A.A., mobilizou-se em buscar informações de quais caminhos seguir para obter tal modalidade de divulgação de massa.

Em 1946, chegou ao Rio de Janeiro o publicitário americano Herbert L. (Herb), com um contrato de três anos para trabalhar como diretor artístico de uma multinacional do ramo de publicidade.

Com satisfação voltamos a escrever-lhe, agora para falar-lhe sobre a possibilidade de contar com a presença de membros de A.A. como oradores leigos e voluntários em atividades da Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho – SIPAT, em organizações privadas, públicas ou do terceiro setor.

Trazemos mais informações e considerações sobre alcoolismo e Alcoólicos Anônimos, esperando que possam ser-lhe úteis, não só no contexto profissional, como na vida em geral.