. . .

Este site usa cookies

Como a maioria dos sites, Alcoólicos Anônimos (BR) usa cookies. Para oferecer um serviço personalizado e ágil e para melhorar o site, lembramos e armazenamos informações sobre como você o usa. Isso é feito usando arquivos de texto simples chamados cookies que ficam no seu computador. Ao usar este site, você concorda com este princípio. Só será pedido uma vez. Para limpar cookies no computador siga as instruções

Reuniões Californianas

(Harry, um AA californiano implantou este tipo de reunião em círculo. Este estilo de reunião era dirigida a ateus e agnósticos membros de A.A.)

Como funcionam?

  1. Realizam-se com os membros dispostos em forma de círculo.
  2. Essa simples forma de disposição em círculo, já coloca todos os presentes equidistantes do centro; não dando destaque a nenhum, nem ao coordenador, que é apenas um membro, com o encargo de conduzir a reunião.
  3. Pode-se fazer a leitura das Reflexões Diárias ou um trecho de outra Literatura de A.A.
  4. Todos os membros têm total liberdade de interpretar o Programa de Recuperação segundo sua própria reflexão, falando por si, o que permite riqueza adicional aos que frequentam essas reuniões.
  5. Ao coordenador cabe a tarefa de alertar sempre os membros para que o que digam tenha relação com nosso problema comum, não usando a reunião meramente como uma audiência para os seus problemas e a não cederem à compulsão de continuar falando depois de terem exposto o seu ponto de vista.
  6. Essas reuniões muitas vezes têm um tema central e podem ser mais produtivas quando apresentado um único tópico, sempre ligado à recuperação, sobre o qual cada pessoa pode dar sua opinião.
  7. Sempre tendo como foco a recuperação através da aplicação dos princípios de A.A., os membros têm a oportunidade de compartilhar uns com os outros, tudo o que se refere aos problemas relacionados com formas e costumes anteriores, assim como os seus esforços para mudar padrões de comportamento visando alcançar uma sobriedade estável, tornando-se pessoas íntegras, felizes e úteis.
  8. Não há formula rígida nessas reuniões; as pessoas contam suas experiências na tentativa de lidar com o problema do alcoolismo, dando ênfase ao programa, dizendo o que aprenderam, como ele lhes tem beneficiado e quais princípios lhes têm ajudado mais.
  9. Um dos maravilhosos benefícios dessas reuniões é o fato dos membros ouvirem várias experiências e interpretações do programa descobrindo nova maneira de trabalhar esse programa e aplicá-lo às suas vidas, mesmo nos momentos mais difíceis de raciocinarem e manterem o domínio sobre suas emoções.
  10. As reuniões californianas, por se concentrarem nos princípios ajudam seus membros a lidar com suas frustrações, dificuldades, assim como dão a eles a oportunidade de transmitir aquilo que aprenderam do programa e como conseguiram livrarem-se da auto piedade.
  11. Observa-se que não há crescimento nas reuniões nas quais as histórias tornam-se uma continua repetição das desgraças do alcoólico quando na ativa. Há necessidade de se acrescentar também como, através de A.A. saiu-se das desgraças e vive-se bem hoje.
  12. Nas reuniões californianas há uma avaliação: se a reunião foi realmente proveitosa verificando quantas pessoas foram beneficiadas com ideias construtivas que possam levá-las consigo e aplicá-las. Expostos diferentes pontos de vista, com base na filosofia de A.A., o membro não busca simplesmente o alivio dos próprios problemas, mas como tratá-los através de um novo ponto de vista adquirido durante a reunião Californiana.

Literatura Digital em eBook