acessibilidade texto


. . .

Portuguese Portuguese

Amigo Anônimo

aanonimoui

Aanonimo

1969 11 A publicação do livro"Alcoólicos Anônimos" no Brasil

Ao que parece a concessão só veio em fins de 1968, quando Gilberto, um AA brasileiro, funcionário da ONU e residente em Nova York, passando férias no Rio de Janeiro tomou conhecimento através de Dorothy N.– uma AA do Rio e cofundadora junto com Donald L. do primeiro Grupo de A.A. em língua portuguesa no Estado de São Paulo – o Grupo Sapiens, quem lhe disse que em São Paulo o companheiro Donald L. estava traduzindo o Big Book(Alcoholics Anonymous)para o Grupo Sapiens – cofundado pelos dois, e o considerava capacitado para fazer a tradução do livro para o Brasil. De volta a Nova York, Gilberto intermediou as negociações entre A.A. World Services Inc. -  A.A.W.S., órgão detentor dos direitos autorais da literatura oficial de A.A., e Donald para fazer a tradução oficial do Big Book. A.A.W.S. autorizou a tradução dos onze primeiros capítulos dizendo-lhe ser necessária a formação de um comitê de tradução, e informando-lhe que a impressão não poderia ser feita no Brasil, mas, após análise, em Nova York.

Em1966, Donald L.um AA de São Paulo, começou a traduzir o livro "Alcoholic Annonymous" para o português.

A seguir algumas das condições impostas para a distribuição do livro no Brasil:

  1. Que fosse instalado no Brasil um Centro de Distribuição de Literatura (operacional)
  2. Que o livro fosse vendido no varejo ao preço unitário de U$ 2.00, (dois dólares americanos), aos membros e U$1.75, aos Grupos.
  3.  Que quando fosse criado o Escritório de Serviços Gerais de A.A. no Brasil, o Centro de Distribuição de Literatura passasse a se constituir parte integrante daquela organização de serviços.
  4. Que, uma vez aprovada a proposta em questão, fosse a operação considerada “em confiança”, assumindo todos os participantes da negociação total responsabilidade, como sendo os representantes de todos os membros de A.A. no Brasil.

Aceitas estas condições, foi liberado o direito de edição e publicação, em português, de 2.000 (dois mil) exemplares do livro Alcoholics Anonymous, ao custo financiado de U$ 2,000.00 (dois mil dólares americanos). Para esta concessão,válida para os próximos cinco anos,o A.A.W.S., Inc., estabeleceu ainda as condições:

  1. a)  Remessa mensal ao A.A.W.S. de U$ 0.82 (oitenta e dois centavos de dólar), por cada livro vendido ou distribuído.
  2. b)  Advertência expressa no livro de que os direitos autorais pertencem ao A.A.W.S. (A.A. World Services, Inc. -Serviços Mundiais de A.A.),e proteção integral quanto ao citado direito.
  3. c)  . NotificarA.W.S. no caso de não serem vendidos os 2.000 exemplares.

A primeira edição do livro "Alcoólicos Anônimos "ou" Livro Azul”, como aqui passou a ser conhecido, foi publicada em novembro de 1969 e foi uma tradução da Segunda Edição do livro homônimo em inglês publicada em 1955.

O atendimento às condições impostas para a concretização do empreendimento para a publicação do “Livro Azul”, fez com que a Estrutura de Serviços no Brasil decolasse.

Lembrete: A última frase do primeiro Preâmbulo de A.A., adotado em 1940 (o atual, data de 1947), dizia: “Se você ainda não tem o livro Alcoólicos Anônimos (Livro Azul), adquira-o. Leia-o, estude-o, viva-o, empreste-o, divulgue-o e aprenda com ele o que significa ser membro de A.A.".

CAHist – Comitê de Arquivos Históricos da Junaab