acessibilidade texto


. . .

Portuguese Portuguese

Amigo Anônimo

aanonimoui

Aanonimo

1955 07 A.A. atinge a maioridade

Entre os dias 1 e 3 de julho de 1955, foi celebrada a segunda Convenção Internacional de A.A. em St. Louis, Missouri. Alcoólico Anônimo completava 20 anos de existência e com isso alcançava sua maioridade. Dos dois cofundadores, o Dr. Bob havia falecido cinco anos atrás, em 1950, e antes de morrer tinha dado a Bill W. o seu consentimento para que fosse constituída uma Conferência composta por membros delegados pelos Grupos de A.A. para tomar conta da Irmandade em substituição aos cofundadores e membros pioneiros. A primeira Conferência foi instalada em  1951 e, depois de quatro Conferências experimentais, finalmente, na quinta Conferência de Serviços Gerais – realizada juntamente com a segunda Convenção, Bill W., falando em nome do Dr. Bob e dos membros mais antigos de todas as partes, declarou a Conferência como sucessora permanente dos fundadores de A.A. e lhe entregou a custódia das Doze Tradições de A.A. e a proteção dos serviços mundiais – isto foi feito através de “Um Acordo"(veja este "Acordo “adaptado à estrutura de A.A. no Brasil, na página 15 do “Manual de Serviço de A.A. e Os Doze Conceitos para Serviço Mundial" -Junaab, código 108).  Aprovada por todos os convencionais por aclamação e pela Conferência, por determinação formal, através de votação.

Nesse evento, Bill também entregou à Irmandade os Três Legados de Recuperação, Unidade e Serviço.

Pelo Primeiro Legado nos recuperamos do alcoolismo através da prática do programa de Doze Passos, conforme consta no livro “Alcoólicos Anônimos", publicado em 1939 (Junaab, código 102).

Pelo Segundo Legado permanecemos em unidade através das Doze Tradições de A.A., aprovadas na Convenção de Cleveland, em 1950 – estão publicadas no livro “os Doze Passos e As Doze Tradições"(Junaab, código 105).

Pelo Terceiro Legado nossa Irmandade funciona e serve seu propósito fundamental, que é o de levar a mensagem de A.A. Seus princípios tradicionais são:

  • a - Cada Grupo é animado por um único propósito primordial – o de transmitir sua mensagem ao alcoólico que ainda sofre.
  • b - Todos os Grupos de A.A. deverão ser absolutamente autossuficientes.
  • c - Alcoólicos Anônimos deverá manter-se sempre não profissional.
  • d - Nossos líderes são apenas servidores de confiança – não governam.
  • e - Procuramos transmitir esta mensagem aos alcoólicos e praticar estes princípios em todas as nossas atividades.

Nota: Os tradicionais princípios de serviço de A.A. apresentados acima foram ampliados por Bill W. e fazem parte do “Manual de Serviço de A.A. e Os Doze Conceitos para Serviço Mundial".

Para saber mais: Veja estas passagens no livro"A.A. Atinge a Maioridade"(Junaab, código 101). Publicado em 1957, o livro relata em detalhes todos os acontecimentos ocorridos na Convenção de St. Louis e que foram determinantes para a Irmandade tal como hoje a conhecemos.

CAHist – Comitê de Arquivos Históricos da Junaab