. . .

Este site usa cookies

Como a maioria dos sites, Alcoólicos Anônimos (BR) usa cookies. Para oferecer um serviço personalizado e ágil e para melhorar o site, lembramos e armazenamos informações sobre como você o usa. Isso é feito usando arquivos de texto simples chamados cookies que ficam no seu computador. Ao usar este site, você concorda com este princípio. Só será pedido uma vez. Para limpar cookies no computador siga as instruções

Existe um alcoólico no local de trabalho?

Muitas organizações — corporações, sindicatos e órgãos públicos — têm criado programas direcionados a empregados, cujos problemas pessoais têm afetado seu rendimento no trabalho e seus familiares.

Os empregadores e administradores estão cada vez mais conscientes da doença do alcoolismo, e das grandes perdas econômicas e humanas que acarreta, e reconhecem os benefícios de auxiliar seus empregados.

A Empregadores, Supervisores e Pessoal de Recursos Humanos

Alcoólicos Anônimos pode disponibilizar para empregadores, gerentes, médicos do trabalho, serviços sociais, recursos humanos e profissionais de assistência aos empregados a experiência acumulada de mais de dois milhões de alcoólicos recuperados que agora vivem, confortavelmente e produtivamente, sem o álcool. No Brasil, A.A. está disponível em praticamente todas as comunidades com cerca de 5.000 grupos no país.

A.A. pode ajudar as organizações a contatarem homens e mulheres que alcançaram a sobriedade, e que estão dispostos a compartilhar, gratuitamente, suas experiências com qualquer pessoa que busque ajuda.

A Irmandade de A.A. não tem caráter profissional e nem custo; seu propósito primordial é a recuperação pessoal e a manutenção da sobriedade daqueles alcoólicos que a ela recorrem em busca de ajuda. O enfoque de A.A. está baseado na habilidade única, dos alcoólicos em recuperação, de ajudar aqueles que ainda estão bebendo.

Unidade de propósito e outros problemas além do álcool

Alguns profissionais referem-se ao alcoolismo e ao vício em drogas como “abuso de substâncias” ou “dependência química”. Não alcoólicos, entretanto, algumas vezes são recebidos em A.A. e estimulados a assistirem às suas reuniões. Todos podem assistir às reuniões abertas de A.A., mas somente aqueles que têm problema com o álcool podem assistir às reuniões fechadas ou tornarem-se membros de A.A. As pessoas que têm outros problemas além do álcool podem ser membros de A.A. somente se tiverem problemas com o álcool.

Aos colegas de trabalho

Se você tem um colega de trabalho que pode ter problemas com a bebida, seu entendimento da natureza do problema pode ser vital para ajudar o alcoólico a encontrar e manter sua sobriedade.

Você pode contribuir diretamente para sua recuperação, obtendo uma melhor compreensão do programa de A.A. Você pode querer conversar com um membro de A.A. ou ler a literatura da Irmandade, que esclarece sobre nosso programa de recuperação e dá uma ideia geral de como o A.A. funciona.

A.A. agradecerá a oportunidade de:

  • Reunir-se com os empregadores para esclarecer de que forma o A.A. pode cooperar;
  •  Efetuar reuniões de empregados para explicar o programa de recuperação de A.A.;
  • ºLevar as reuniões de A.A. aos empregados que têm problemas com a bebida.